Por uma Sociologia da Felicidade

A Psicoterapia fracassou do ponto de vista do comportamento global do gênero humano, apesar de ter conseguido êxitos no tratamento individual. Durante este século, tem aumentado a infâmia e a destrutividade. A Psicoterapia centrou seus objetivos no indivíduo e não nos processos psicóticos da sociedade.

A paranóia dos chefes de estado, a falta absoluta de amor ao povo nos políticos, o nacionalismo, os preconceitos religiosos, o racismo e as ideologias totalitárias, entre outros fatores, precipitaram a humanidade em guerras cruéis, na injustiça econômica e no deterioramento ético da humanidade. A concepção industrial-militar, o consumismo, a usura capitalista, a demência totalitária são diversas formas de patologia social que nos conduzem a uma degradação social progressiva.


As relações afetivas entre o homem e a mulher estão em profunda crise. É necessário que os homens entrem em contato com a sua masculinidade profunda e as mulheres, com a sua feminilidade como força coesiva e transcendente da vida. A tarefa mais urgente da humanidade é desenvolver o potencial afetivo tanto a nível individual como coletivo. Nosso comportamento está em parte afetado pela representação quântica de energia que se produz durante a “vivência” de encontro.

As danças e cerimônias de encontro despertam vivências desconhecidas relacionadas com o êxtase e a felicidade. Como criar as condições sociais e emocionais que facilitem a felicidade? Nossa cultura está essencialmente equivocada; seu resultado final é a solidão, a depressão e a destrutividade. Como mudar os valores que movem nossa sociedade, sem uma transformação das pessoas?

Temos necessidade de criar uma poética das relações humanas, outro modo de percepção da vida, um acesso à experiência paradisíaca, um sentido de humor, uma música de convivência. A expansão da Biodanza® em todo o mundo, com impressionante força, deve-se ao fato dela apontar as necessidades mais profundas desta época de crise ética e cultural.

Que necessita uma pessoa para ser feliz? Temos aqui uma lista de aspirações humanas obtidas através de uma pesquisa com 600 pessoas:

– saúde, alimento, energia;

– afetividade, amor, compreensao, prazer, amizade, solidariedade, ternura;

– criatividade, trabalho, casa, livre expressão;

– transcedência, acesso à êxtase, visão de totalidade, expansão de consciência.

Observando esta lista de necessidades, podemos descobrir que elas correspondem às cinco linhas de potencial que a Biodanza®desenvolve.

A felicidade é contagiosa. Uma pessoa feliz pode influir na felicidade de muitas outras. A felicidade é um proceso de maturação. Cada pessoa pode alcançar estados cada vez mais refinados e intensos. Necessitamos da felicidade pessoal e da felicidade dos outros. A expansão da Biodanza® no mundo pode mudar o sentido sacrificial da vida para uma nova ordem estética, epifânica e amorosa.

Rolando Toro
Tradução: Maria Luiza Appy

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s